• REDES SOCIAIS:
    DACASA FINANCEIRA
Home | Sobre a Dacasa | Governança Corporativa

Risco de Crédito

Definição
Define-se o Risco de Crédito como a possibilidade de ocorrência de perdas associadas ao não cumprimento pelo tomador ou contraparte de suas respectivas obrigações financeiras nos termos pactuados, à desvalorização de contrato de crédito decorrente da deterioração na classificação de risco do tomador, à redução de ganhos ou remunerações, às vantagens concedidas na renegociação e aos custos de recuperação.
A Dacasa Financeira adota um conjunto de diretrizes, políticas, rotinas, sistemas e procedimentos que devem ser observados e aplicados por todas as áreas funcionais envolvidas, ao longo de todo o ciclo de crédito, de forma a manter a exposição ao risco de crédito em níveis compatíveis com o apetite de risco da organização.
 
Estrutura de Gerenciamento
A estrutura de gerenciamento de risco de crédito da Dacasa Financeira baseia-se em princípios de conduta ética, inerentes aos valores morais que vem nortear a gestão de risco em todos os níveis, sendo adotados padrões de proteção da confidencialidade e integridade das informações de suas operações e de seus clientes, assim como aspectos de conformidade, cumprindo com os requisitos regulamentares, legais e de transparência. A segregação de atividades e independência são práticas da companhia, de forma que as atividades de administração de risco de crédito são segregadas das atividades negociais e de auditoria, evitando o conflito de interesses e resguardando a imparcialidade dos trabalhos executados.

A instituição define limites máximos de exposição ao risco de crédito, que são ajustados no mínimo anualmente de acordo com sua a estratégia, fatores macroeconômicos, ambiente de negócios, capacidade e apetite desta em assumir riscos.
A estrutura de gerenciamento de riscos de crédito da Dacasa Financeira é constituída por:

a)    Comitê Interno de Risco: Responsável pelos processos decisórios de constituição de métricas, aprovação e apresentação de políticas de gerenciamento de riscos, normas e limites, entre outras medias que se façam cabíveis;

b)    Comissão de Risco de Crédito: Realizada de forma extraordinária a fim de deliberar quanto a assuntos urgentes, bem como da definição de planos de ação acerca das deliberações realizadas;

c)    Gestão de Riscos – Riscos Financeiros: Responsáveis pela identificação, mensuração, avaliação, monitoramento, controle e comunicação dos riscos e exposições.

O embasamento para a implementação desta estrutura de gerenciamento é dado pela Resolução CMN n.º 4.557/17.
Esta estrutura é regida pela Política Interna de Gerenciamento de Risco de Crédito.
 

Fechar